Artistas sergipanos realizam ato político e cultural por Diretas Já

Manifestação acontece neste domingo, 09, às 14h nos arcos da Orla e contará com apresentações musicais e culturais

Arte de Divulgação

Mostrando que a arte é instrumento de transformação social, artistas sergipanos dos diversos segmentos vão às ruas no próximo domingo, 09, para manifestar sua insatisfação com os retrocessos nos direitos da população instalado pelo governo ilegítimo de Michel Temer. Eles realizam um grande ato político e cultural a partir das 14h, na Orla de Atalaia, com muita música, dança, teatro, artes plásticas, literatura, fotografia e cinema.

Artistas e bandas como Alex Sant’anna, Lucas Campello, Anne Karol, Werden, Mestre Madruguinha, Samba do Arnesto, Samba de Moça Só, além do artista plástico Antônio da Cruz, do poeta Allan Jhones e de muitos outros confirmaram a apresentação no ato.

Como forma de demonstrar sua indignação, os artistas produziram um manifesto em que publicizam o posicionamento do grupo ante a este cenário político nefasto.

O documento reafirma o posicionamento do coletivo de artistas em defesa da democracia, contra o golpe, contra as reformas trabalhista, da previdência e a terceirização, além de conclamar pela realização de eleições diretas. “Nós, artistas, não aceitamos Michel Temer na Presidência e muito menos que deputados corruptos escolham o novo representante. Por isso, gritamos Fora Temer e vaza André Moura, seu representante aqui em Sergipe! E conclamamos a população a se unir no coro pelas Diretas Já! Que o povo decida!”, resume o texto.

O texto também apela à população para se fazer presente não apenas no ato público do próximo domingo, mas nas lutas em defesa do restabelecimento da democracia e de mudanças no sistema político brasileiro.

Os artistas também estarão nas ruas em defesa da livre ocupação dos espaços públicos, contra a criminalização das expressões artísticas e culturais e pela valorização das políticas públicas culturais.

Deixe uma resposta