Biblioteca Infantil leva projeto de leitura para escolas do interior

Foto: Ascom/Secult

Com o objetivo de levar a biblioteca até a escola, o projeto “#Eu Leio! Aracaju”, desenvolvido pela Biblioteca Infantil (Biafa) de Sergipe em parceria com a Rede Ler e Compartilhar, proporciona que as unidades de ensino da rede pública do interior do estado recebam seis sacolas de livros infantis, previamente selecionados.

Segundo a diretora da Biblioteca Infantil, Cláudia Stocker, o objetivo do projeto é proporcionar maior acesso aos livros, incentivar a leitura e a busca pelo conhecimento. “Atualmente o projeto conta com seis sacolas espalhadas por escolas de Sergipe, mas pretendemos ampliá-lo para dez. A intenção é poder levar estes livros para crianças de outros municípios, que muitas vezes não têm a oportunidade de virem até a Biblioteca em Aracaju”, explicou.

A Escola Rural do Povoado Mocambo, em Frei Paulo, é uma das beneficiadas com a sacola de livros, recebidos com muita surpresa pelos alunos. O mesmo aconteceu na Escola Estadual Roberta Ramalho no Povoado Espinheiro, Japoatã, que recebeu o projeto em abril deste ano, e na Escola Municipal de Ensino Fundamental Alencar Cardoso. As instituições, que ficam com o material por seis meses, desenvolvem ações como contação de histórias e brincadeiras envolvendo equipes de educadores e comunidade escolar.

A primeira fase do projeto será concluída em outubro com uma atividade na Biblioteca infantil, que também dará abertura para a segunda fase com mais quatro sacolas e novas escolas beneficiadas. Todas as sacolas são compostas por livros novos doados por escritores de literatura infanto-juvenil do Brasil. Para a próxima etapa, a Biafa está arrecadando doação de livros de autores sergipanos com o intuito de enriquecer ainda mais o acervo. Interessados em colaborar com o projeto podem entrar em contato pelo telefone (79) 3179 – 1965, ou ir até a Biblioteca, localizada na rua Vila Cristina, s/n.

Rede Ler e Compartilhar

A Rede Ler e Compartilhar é formada por escritores, educadores e voluntários de Alagoas que se reuniram pelo fomento à literatura. É um programa colaborativo de circulação de acervos, formação de leitores e orientação para mediação literária. Só podem participar como receptoras de acervos escolas públicas ou privadas que realizem alguma ação social comunitária, instituições, ONG’S ou movimentos organizados.

FonteASN
Compartilhar

Deixe uma resposta