Campanha para anular reforma trabalhista ocupa Centro nesta terça

Foto: Ascom CUT

A Campanha da Central Única dos Trabalhadores pela Anulação da Reforma Trabalhista se intensifica em todo o Brasil. Em Aracaju, nesta terça-feira, 7/11, lideranças sindicais da CUT/SE mais uma vez vão montar uma barraca para a coleta de assinaturas em apoio ao Projeto de Lei de Iniciativa Popular (PLIP) que Anula a Reforma Trabalhista sancionada pelo presidente ilegítimo Michel Temer (PMDB).

Em Sergipe, o objetivo é coletar pelo menos 20 mil assinaturas e em todo território nacional alcançar 1 milhão e 300 mil assinaturas. O presidente da CUT/SE, professor Rubens Marques alertou: “Quem ainda não assinou só tem esta semana para tomar uma atitude contra a destruição da CLT e das mínimas garantias trabalhistas”.

A lei da reforma trabalhista de Michel Temer (PMDB) entrará em vigor no dia 11 de novembro de 2017. Em protesto, sindicatos de todo Brasil estão contruindo uma paralisação para o dia 10, próxima sexta-feira.

Compartilhar

Deixe uma resposta