“Chegamos ao limite”, diz professora Ivonete sobre a Educação em Sergipe

Foto: Jadilson Simões

Professores e professoras ocuparam as galerias da Assembleia Legislativa de Sergipe, na manhã desta quarta-feira, dia 14 de junho, para acompanhar a presidente do SINTESE, Ivonete Cruz, palestrar na tribuna da Casa Legislativa sobre a realidade da educação sergipana. A iniciativa foi da deputada estadual Ana Lúcia (PT), por meio de Requerimento apresentado à Casa Legislativa em abril deste ano.

A involução da matrícula, que provoca a redução de repasse de recursos do FUNDEB para a rede estadual foi um dos problemas mais graves abordados pela presidente do SINTESE durante a palestra no grande expediente da ALESE. “A política implantada pela rede estadual é de desmonte da educação, porque o Estado tem uma política de perda de aluno, com fechamento de escolas e que agora vai se acentuar ainda mais por conta do modelo de ensino médio em tempo integral”, lamentou Ivonete.

A política de desvalorização e achatamento da Carreira do Magistério, sem reajuste do Piso Salarial nacional desde 2014; o aporte, por parte do Governo do Estado, de recursos do MDE; a falta de estrutura física e pedagógica das escolas da rede estadual, sobretudo entre as escolas que receberão o programa Ensino Médio em Tempo Integral, assim como a Previdência, também foram temáticas abordadas na palestra.

“Chegamos ao limite. A educação da rede estadual aponta que o governo não pode continuar tratando a educação como tem sido tratada nos últimos anos, durante esta gestão. Os problemas precisam ser debatidos, mas acima de tudo, é preciso ação, é preciso proposta, é preciso mudar a politica”, destacou a presidente do SINTESE, Ivonete Cruz.

Deixe uma resposta