Ciclistas comemoram área de proteção na Orla

O trecho vai do antigo hotel Parque dos Coqueiros até os lagos e será fechado para a circulação de veículos às terças e quintas-feiras, das 4h30 às 6h30, e aos sábados, das 5h às 10h

Área de proteção começou a funcionar nesta terça-feira, 12 | Fotos: Sergio Silva

Os amantes do ciclismo passam a ter um incentivo a mais para a prática do esporte. Começou a funcionar no início da manhã desta terça-feira, 12, a Área para a Prática do Ciclismo na avenida Santos Dumont, na Orla de Atalaia. Mesmo com muita chuva, dezenas de atletas e amadores utilizaram os 2,5 km reservados para eles e livre de veículos. A iniciativa é da Secretaria Municipal da Juventude e do Esporte (Sejesp).

Agentes da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) estiveram no local para orientar os motoristas. O trecho, que vai do antigo hotel Parque dos Coqueiros até os lagos (sentido praia/Centro) será fechado para a circulação de veículos às terças e quintas-feiras, das 4h30 às 6h30, e aos sábados, das 5h às 10h. O secretário municipal da Juventude e do Esporte, Jorge Araujo Filho, conferiu de perto a movimentação no primeiro dia de funcionamento da área.

“Aracaju entra no roteiro de outras grandes capitais, a exemplo de Maceió e do Rio de Janeiro, que foi o precursor. Estamos não só tratando de bicicletas, estamos tratando de vidas. Cada bicicleta é uma vida. Estamos trabalhando para reduzir o número de acidentes envolvendo as bicicletas e acabar com o conflito perigoso que existe com os veículos. Dessa forma, também incentivamos que as pessoas que não vinham pedalar por medo dos carros passem também a utilizar o espaço”, diz o secretário.

Walter Júnior é triatleta há cerca de três anos e comemorou a conquista dos ciclistas. “Ter uma área reservada para o ciclismo, com segurança e o apoio da SMTT, com certeza vai melhorar os treinos e o desempenho, assim como também aumentar o número de ciclistas. Essa era uma reivindicação não só dos triatletas, mas de todos os ciclistas de competição. O estado de Sergipe tem um cenário muito forte de atletas de desempenho e revelações que já foram campeões em etapas de triatlo. Isso só vem pra fortalecer”.

Antônio Augusto pedala três vezes por semana no local e diz que era difícil dividir a via com os carros. Ele também fala da importância da conscientização dos ciclistas. “Toda terça, quinta e sábado estava aqui desviando dos carros. Esse é um ponto de partida pra segurança de todos, pois o ciclista é muito vulnerável no trânsito. No entanto, tem que ter a conscientização de quem pedala, não adianta nada ter o fechamento da orla e ter gente pedalando do outro lado da via, acho que todo mundo devia seguir à risca e treinar dentro da área de proteção”, afirma.

Thaiana Aragão também esteve presente junto com os colegas competidores na Orla para a inauguração da área. “É uma oportunidade que a população tem de se apoderar do que é nosso. A gente por muito tempo pedalou junto com os carros e isso é um perigo iminente. Sofremos muito com isso e o fato de ter esse espaço acaba estimulando que outras pessoas também venham pedalar, até pessoas que não pedalavam antes, por medo. Quanto mais segurança pra gente, melhor”, comemora.

Tiago Tavares é treinador de uma assessoria de triatlo e comemorou a conquista dos alunos. “Para a gente isso foi excelente. Tenho 33 alunos que treinam a semana inteira aqui e era um pedido deles há muito tempo, com todos esses carros passando ficava muito perigoso de praticar”.

Deixe uma resposta