Conservatório de Música de Sergipe realiza recital de guitarras

Todos os eventos promovidos pelo Conservatório de Música de Sergipe são abertos gratuitamente ao público

Foto: Eugênio Barreto/Seed

A Secretaria de Estado da Educação, (Seed), por meio do Conservatório de Música de Sergipe (CMS), promoveu nesta quarta-feira, 4, o Recital de Guitarras. O evento reuniu alunos do curso técnico-profissional, ouvintes, cantores profissionais e a comunidade. “Na verdade, o nosso objetivo é transformar o Conservatório de Música na Casa da Educação Musical de Sergipe”, ressalta o professor Heitor Mendonça, diretor do Conservatório.

De acordo com Heitor Mendonça, para os meses de outubro e novembro, o CMS preparou uma vasta programação, que teve início nesta quarta-feira, 4 e vai até o dia 23 de novembro de 2017. “Iremos realizar recitais de Baterias, Choro, Musicalização, Flauta, Canto e Coral e de Teclado. Queremos que os alunos, ouvintes, cantores profissionais e a comunidade, participem da nossa programação, que consiste em cursos, oficinas, concertos e recitais”, disse Mendonça.

Em todos os eventos promovidos pelo Conservatório de Música de Sergipe, segundo o diretor, são abertos gratuitamente ao público. “O nosso objetivo é ser referência musical. Com trabalho e com ajuda dos alunos e professores, estamos levando o Conservatório a ser a Casa da Educação Musical de Sergipe. Esse evento faz parte do nosso projeto pedagógico que está sendo desenvolvido com os alunos”, disse.

Alunos

Breno Alves, 16 anos, desde garoto toca violão e guitarra. “Iniciei muito cedo. Sou aluno do Conservatório de Música de Sergipe e gostaria de enfatizar a importância desse Recital de Guitarras. O evento nos possibilita trocar experiências com os colegas e mostrar tudo aquilo que aprendemos no decorrer do curso”, disse.

Carlos Castro, também ressalta a importância do Recital de Guitarras para os alunos, principalmente os mais jovens. “Falei aqui para eles que é mais fácil tocar para um público gigante, como um show por exemplo. Lá, as pessoas estão preocupadas em curtir a festa e não prestam muita atenção no lado técnico do som. Já aqui é diferente. Temos um público diferenciado, que possui um olhar técnico, observador e entendedor, por isso é muito mais difícil”, disse Castro.

Programação

Para os meses de outubro e novembro, a direção do Conservatório de Música de Sergipe desenvolveu a seguinte programação: Clique Aqui!

FonteAscom Seed
Compartilhar

Deixe uma resposta