Enquete debate Privatização da Deso, Reforma Trabalhista e Previdenciária

Foto: CUT-SE/Facebook

“O que o povo deve fazer com os deputados e senadores que aprovem a Reforma da Previdência e Trabalhista: Não reeleger nunca mais este parlamentar? Tratar como os traidores de Sergipe? Ou continuar votando cegamente neles?”. Este questionamento que despertou a população de Neópolis, Ilha das Flores, Poço Redondo, Estância, Lagarto, Propriá, Itabaiana, Moita Bonita, Porto da Folha, Capela, Japoatã e Aracaju, na manhã desta segunda-feira (20), foi feito durante a enquete realizada pela Frente Brasil Popular, formada pela Central Única dos Trabalhadores (CUT), entre várias organizações do movimento sindical e social.

A possível privatização da DESO é tema de outra pergunta realizada na mesma enquete: “Você é a favor de que os Governos Jackson e Temer privatizem a água de Sergipe?”

Vice-presidente do SINTESE e diretor de Formação da CUT, Roberto Silva explica a importância desta atividade em vários municípios sergipanos.

“Na época da privatização da Energipe, foi dito que a conta ia ficar mais barata, mas o que vemos é que as contas de energia estão cada vez mais caras. Não podemos deixar que aconteça o mesmo de novo. A DESO está na casa de 90% dos sergipanos e a água é um bem essencial. A população será atingida de forma drástica caso a DESO seja privatizada. Então este tema não poderia ficar fora da enquete”, explicou.

Os professores, que iniciaram sua greve geral por tempo indeterminado no último dia 15 de março, estão impulsionando o debate sobre em vários municípios sergipanos. SINDIJOR e SINDIPEMA foram alguns dos sindicatos que participaram da enquete no Calçadão da João Pessoa.

Foto: CUT-SE/Facebook

Em Aracaju, a professora Ana Cristina usou de sua didática. “Quem já está no meio do caminho não vai se aposentar tão cedo. E também quem já está aposentado vai sofrer as consequências da Reforma da Previdência. Então eu quero que a população do Centro olhe para estes cartazes, para o rosto deles, sabendo que se estes parlamentares votarem a favor da Reforma da Previdência, eles não voltarão para o Congresso. Não vamos dar oportunidade para que eles continuem retirando nossos direitos. Nós estamos de olho”.

Na próxima quarta-feira, dia 22 de março, a Frente Brasil Popular realizará uma grande Caminhada pela Água, contra a Privatização da DESO, Reforma da Previdência e Trabalhista. A concentração está marcada para as 8h da manhã, em frente à DESO rumo à Assembleia Legislativa. “O governo do estado é o principal acionista da DESO e para ela ser privatizada, os deputados terão que concordar. Então vamos pedir para os deputados estaduais sergipanos que não aprovem a privatização da DESO”, explicou o professor Roberto Silva.

Deixe uma resposta