Todo bom nordestino não deixa de usar a farofa como acompanhamento de seus pratos. Quem vive fora dessa região não pode imaginar a variedade de misturas que podem ser feitas para se obter aquela farofinha deliciosa.

Quando bem feita e combinada, a farinha consegue dar um gosto totalmente diferenciado na sua refeição. Aqui, você conhecerá um pouco mais sobre um único tipo, a farofa d’água ou a farofa do sertão.

Ela é chamada dessa forma porque é bem rústica, tipicamente sertaneja, mas com um gosto inestimável devido o tempero usado. Confira a receita e faça hoje mesmo a sua farofa d’água ou farofa do sertão.

Ingredientes da Farinha D’água ou Farofa do Sertão

Para preparar a sua farofa d’água ou farofa do sertão é preciso ter em mãos alguns ingredientes. Entre eles:

  • Meia cebola bem picada. Você pode usar a cebola branca, mas a roxa dá um visual ainda mais bonito ao seu prato.
  • Cheiro verde à gosto. Você também pode substitui-lo por coentro ou salsinha. Deixe bem picado para o preparo da sua farofa d’água ou farofa do sertão.
  • Meia xícara de café, com água.
  • Meia xícara de café, com leite.
  • 3 xícaras de farinha de mandioca torrada. A legítima farofa d’água ou farofa do sertão deve ser feita com aquela farinha bem caroçuda, mas não é em todo lugar que esse tipo é facilmente achado, por esse motivo você pode escolher a farinha mais grossa que encontrar.

Com todos os ingredientes em mãos, basta seguir o passo a passo abaixo para fazer a sua farofa d’água ou farofa do sertão.

Receita da Farofa D’água ou Farofa do Sertão

Para que sua farofa d’água ou farofa do sertão saia de acordo com a receita tradicional, é preciso misturar os ingredientes da seguinte forma:

  1. Em uma panela com um pouco de óleo ou manteiga da terra, refogue a sua cebola em fogo baixo. Após refogar o primeiro ingrediente, apague o fogo.
  2. Na mesma panela você vai acrescentar o leite e a água e misturar bem com a cebola refogada. Deixe esfriar totalmente até passar para o terceiro passo.
  3. Quando estiver no ponto esperado, acrescente a farinha sempre mexendo rapidamente até completar a quantidade da farofa que você deseja.
  4. Para finalizar, acrescente o cheiro verde para dar o gosto especial que o prato precisa.

A farofa d’água ou farofa do sertão tem um aspecto um pouco diferente das demais. Ela fica bem úmida e parece que a farinha “empelotou” na hora de misturar, formando pequenos bolinhos, mas este é o ponto certo.

Você pode servir a farofa d’água ou farofa do sertão com diversos pratos, como carne de sol e outros churrascos, peixes, camarões, comidas sertanejas e muito mais.

FontePraias de Natal
Compartilhar

Deixe uma resposta