Guia do Campeonato Sergipano 2017 – Série A1

A bola vai rolar no Campeonato Sergipano 2017 – Série A1 sob uma perspectiva de muito equilíbrio na briga pelo título. São 10 clubes na disputa por vagas no Campeonato Brasileiro da Série “D” de 2018, Copa do Brasil de 2018 e Copa do Nordeste de 2018. A competição inicia mais cedo nesse ano, no dia 14 de janeiro.

A Expressão Sergipana, visando fortalecer o futebol sergipano, apresenta o Guia do Campeonato Sergipano 2017 – Série A1 com as principais informações do torneio e de cada clube.

CAMPEÃO E O VICE CAMPEÃO SERGIPANO DO ANO DE 2017 TERÃO VAGA GARANTIDA NO CAMPEONATO BRASILEIRO DA SÉRIE “D” DE 2018, COPA DO BRASIL DE 2018 E COPA DO NORDESTE DE 2018.

É importante observar que a Associação Desportiva Confiança não disputará a vaga do Campeonato Brasileiro da Série “D” de 2018, pois o mesmo já está classificado para o Campeonato Brasileiro da Série “C” de 2017 e caso seja rebaixado para o Campeonato Brasileiro da Série “D” em 2018 entraria pelas 4 vagas nacionais dos rebaixados do ano anterior e não pelas vagas estaduais (No caso de Sergipe 2 vagas). Portanto, caso o Confiança seja o Campeão Sergipano as vagas do Campeonato Brasileiro da Série “D” de 2018 ficam automaticamente com o Vice Campeão e o Terceiro Colocado, ou caso o clube seja o Vice Campeão a segunda vaga do Campeonato Brasileiro da Série “D” de 2018 fica automaticamente com o Terceiro Colocado.

No ano de 2016, o campeão e o vice campeão sergipano, Sergipe e Itabaiana, respectivamente, garantiram vagas no Campeonato Brasileiro da Série “D” de 2016, Copa do Brasil em 2017 e Copa do Nordeste em 2017. E com o ajuste da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) nas indicações das Federações Estaduais, as vagas no Campeonato Brasileiro da Série “D” em 2017 também foram destinadas ao campeão e vice de 2016. Agora este será o padrão da CBF, com as vagas das competições nacionais destinadas as federações estaduais sendo definidas no ano anterior.

Com este novo formato de classificação os clubes podem alcançar a vaga para a quarta divisão nacional de outra forma e por isso precisam ficar atentos e disputarem as melhores posições no Hexagonal. Em 2016 quando o Itabaiana quase se classificou para o Campeonato Brasileiro da Série “C” em 2017o Dorense ficou muito próximo de ser o segundo representante sergipano no Campeonato Brasileiro da Série “D” de 2017. Uma vaga seria do Club Sportivo Sergipe, atual campeão sergipano, e a segunda, seria do terceiro colocado no Campeonato Sergipano em 2016. Porém, o terceiro colocado foi o Confiança, mas o clube já estava classificado para as competições nacionais. Consequentemente, a vaga iria para o quarto colocado, justamente o Dorense Futebol Clube.


O Campeonato:


Será disputado em 3 fases: 

1ª Fase (Classificatória – 10 clubes):

Os clubes se enfrentarão somente em jogos de ida (9 rodadas), onde, ao final desta fase, os 6 melhores classificados (Do 1º ao 6º) avançarão para o Hexagonal e, os 4 últimos colocados (Do 7º ao 10º), irão disputar o Quadrangular do Rebaixamento.

2ª Fase (Hexagonal – 6 clubes): 

Os 6 clubes jogarão entre si no sistema de ida e volta (10 rodadas), onde os 2 primeiros colocados se classificarão para a grande Final.

2ª Fase (Quadrangular do Rebaixamento – 4 clubes): 

Os 4 clubes piores classificadas na 1ª fase, jogarão entre sim, no sistema de ida e volta (6 rodadas), onde, os 2 últimos colocadas, nesta fase, serão rebaixados para o Campeonato Sergipano da Série A2 de 2018.

3ª Fase (Final – 2 clubes): 

Os 2 clubes melhores classificados no Hexagonal decidirão o título de Campeão do Campeonato Sergipano de Futebol Profissional da Série A-1 de 2017 em 2 jogos, sendo que o mando de campo do segundo jogo será do clube com a primeira colocada do Hexagonal. Nos critérios de desempate da Final, o primeiro colocado no Hexagonal joga por 2 resultados iguais.

Os jogos da Final do Campeonato Sergipano de 2017, só poderão ser disputados nos seguintes estádios: Augusto Franco (Francão – Estância), Lourival Baptista (Batistão – Aracaju) e no Etelvino Mendonça (Mendonção – Itabaiana).

Confira a tabela de jogos completa e a classificação atualizada da Expressão Sergipana.


Os Clubes:


AmadenseAmadense Esporte Clube

Cidade: Tobias Barreto

Apelido: Leão do Rio Real

O que vem por aí: Com o elenco montado e em pré-temporada desde dezembro do ano passado, o Amadense está praticamente definido para o Sergipão 2017. O Leão do Rio Real fechou parceria com empresários da Bahia e inscreveu 25 jogadores. A dificuldade do clube este ano foi com os treinadores, pois está no terceiro comandante na temporada. Primeiro foi Pery Santana que deixou o clube para assumir o Ji-Paraná e depois o substituto Samuka pediu demissão, após receber um convite para fazer estágio na Europa. O elenco conta com jogadores como o goleiro Léo Murici, que defendeu o Amadense ano passado e tem passagens por Estanciano, Sete de Junho e Laranjeirense; o meia atacante Baco que passou pelo Estanciano, Boca Júnior e no Sergipe ano passado; o jovem meia Rhuan com passagens pelo próprio Amadense e o atacante Igor.

Craque:  Cleriston, experiente zagueiro natural de Tobias Barreto, com passagens pelo Estanciano, Dorense, Lagarto e pelo Sete de Junho comandará o sistema defensivo do Leão.

Treinador: Zezinho. Contratado faltando 1 semana para a estreia do Amadense, Zezinho correrá atrás do prejuízo. O treinador é ex-jogador do Vasco e treinou clubes amadores e de base no interior da Bahia.

Fala diretoria: “Fizemos uma boa preparação, registramos os nossos jogadores e estamos treinando forte desde de dezembro para fazermos um ótimo campeonato”.

Estádio: Brejeirão (Capacidade: 3.000 pessoas)

Foto: Formaecor/Divulgação

Estreia: 18.01 (Quarta) as 20h30m – Frei Paulistano x Amadense (Mendonção / Itabaiana)

Última participação no Campeonato Sergipano A1: 2016 (7º colocado) 

Títulos: Campeão da Copa Governador do Estado de Sergipe (2014)

Previsão Expressão Sergipana: ★★★ – Pode surpreender


AD ConfiançaAssociação Desportiva Confiança

Cidade: Aracaju

Apelido: Dragão do Bairro Industrial

O que vem por aí: O Confiança entra em mais uma temporada do futebol sergipano como um dos favoritos. Após o tropeço no campeonato sergipano do ano passado e o sufoco para se manter na Série C do Brasileiro, a nova diretoria do Dragão trabalha para fazer os ajustes necessários para o clube voltar às glórias no ano de 2017. Mantendo boas peças do time do ano passado, como o zagueiro Mimica e o meia Everton Santos, o Dragão do Bairro Industrial foi ao mercado e trouxe bons valores, como o ex-meia do Sergipe Rafael Villa; repatriou o lateral Diogo, que passou pelo clube em 2015 e no ataque aposta suas fichas no matador Tito, ex-Cuiabá, com passagens pelo Paraná, Joinville, Oeste-SP e Boa Esporte-MG.

Craque: Thiago Silvy, o atacante de 30 anos chegou ao Sabino Ribeiro como reforço para a Série C do ano passado e foi fundamental com gols decisivos. Silvy já atuou por grandes clubes brasileiros como o Coritiba-PR, Figueirense-SC, Vila Nova-GO, São Caetano-SP, Portuguesa-SP, América Mineiro-MG, América-RN e Fortaleza-CE.

Equipe base: Henrique; Felipe Cordeiro, Mimica, Gabriel e Radar; Jardel, Diogo, Rafael Villa e Jailton; Tito e Thiago Silvy.

Treinador: Leandro Sena. Como treinador, acumula passagens por Globo-RN, Treze-PB, Icasa-CE e Alecrim-RN. O técnico carioca tem 40 anos e trabalhou no Sabino Ribeiro na Série C em 2016 como auxiliar de Roberto Fernandes.

Fala Diretoria: Esperamos conquistar o título sergipano, voltar à Copa do Brasil e Copa do Nordeste e também conquistar o acesso à Série B do Campeonato Brasileiro”.

Estádio: Batistão (Capacidade: 15.586 pessoas)

Foto: ASN

Estreia:  16.01 (Segunda) as 20h15m – Confiança x Botafogo (Batistão / Aracaju)

Última participação no Campeonato Sergipano A1: 2016 (3º Colocado)

Títulos: Campeão do Campeonato Sergipano Série A1 (1951, 1954, 1962, 1963, 1965, 1968, 1976, 1977, 1983, 1986, 1988, 1990, 2000, 2001, 2002, 2004, 2008, 2009, 2014 e 2015).

Campeão da Copa Governo do Estado de Sergipe (2003, 2005, 2008 e 2012)

Campeão da Taça Cidade de Aracaju (2003 e 2004)

Campeão da Taça Estado de Sergipe (2001 e 2012)

Previsão Expressão Sergipana: ★★★★★ – Briga pelo título


Associação Desportiva Frei Paulistano

Cidade: Frei Paulo

Apelido: Touro do Agreste

O que vem por aí: Atual Campeão da Série A-2 do Campeonato Sergipano, o mais novo clube profissional do estado vem com um projeto ousado para sua primeira aparição na elite do futebol sergipano. Com 30 jogadores no elenco e um projeto de investir 500 mil reais nos 4 meses de competição, o Touro promete chegar forte. O clube tem reforços importantes como o zagueiro Renê e o volante Wallace Sergipano, ambos com passagem recente pelo Confiança; o veterano meio-campista Alex Gaibu e o atacante Leandrinho, campeão Brasileiro da Série B de 2003 pelo Palmeiras e com passagens pelo Sochaux (França), Juventude, Ponte Preta, Ituano e Santa Cruz.

Craque: Carlinhos Bala, meia-atacante de 38 anos teve como último clube o Altos-PI. Carlinhos defendeu grandes clubes do futebol brasileiro como Sport, Cruzeiro, Santa Cruz e Náutico. O atleta vem para ser o astro do time e afirmou em discurso que chega para ajudar o clube de Frei Paulo a buscar um novo título sergipano.

Equipe base: Manga; Everton, Renê, Sílvio, Digão; Victor Garcia, Wallace Sergipano, Alex Gaibu e Carlinhos Bala; Leandrinho e Márcio Telê

Treinador: Williams Rodrigues. O técnico já dirigiu equipes como o Corinthians de Caicó, Potiguar-RN, e Araripina-PE. Ele também atuou como auxiliar no Santa Cruz de 2011 a 2013. Em 2016, Williams assumiu o Lagarto no quadrangular da morte e conseguiu livrar o time do rebaixamento.

Fala diretoria: “O nosso primeiro passo é a classificação para o Hexagonal. Depois, respeitando os grandes, vamos tentar surpreender e quem sabe no mínimo conseguirmos chegar numa Série D ano que vem”.

Estádio: Municipal Jairton Menezes de Mendonça, o “Titão” (Capacidade: 4.000 pessoas)

Foto: Ascom Prefeitura de Frei Paulo/Facebook

Estreia: 18.01 (Quarta) as 20h30m – Frei Paulistano x Amadense (Mendonção / Itabaiana)

Última participação no Campeonato Sergipano A1: Estreante

Títulos: Campeão do Campeonato Sergipano Série A2 (2016)

Previsão Expressão Sergipana: ★★★★ – Briga pelo hexagonal


ItabaianaAssociação Olímpica de Itabaiana

Cidade: Itabaiana

Apelido: Tremendão da Serra

O que vem por aí: A diretoria do Itabaiana colocou o clube nos eixos. Com um ano de 2016 quase impecável, 2017 promete para o Tricolor. Com um elenco forte, qualificado e equilibrado o Tremendão novamente irá buscar o título sergipano, além de procurar fazer boa participação na Copa do Brasil e Copa do Nordeste. A diretoria manteve uma boa base do ano passado, a exemplo do goleiro Genivaldo; a dupla de zaga Héverton e Garça; o lateral Madona e o meia armador Igor. E fez contratações importantes como o meia André Beleza, com passagens pelo Santos, Ceará, Náutico, ABC, América-RN e Botafogo-PB e os atacantes Diego Neves, artilheiro pelo Sergipe e Confiança, Fabinho Cambalhota, velho conhecido da torcida tricolor e Geovane, com passagens importantes por América-RN, Mogi Mirim-SP, Guarani-SP e São Caetano-SP. Vem chumbo grosso do ataque tricolor.

Equipe base: Genivaldo; Alex Murici, Héverton, Garça e Madona; Daniel Paraíba, Hércules, Chapinha e André Beleza; Geovane e Paulinho Macaíba.

Craque: O melhor jogador do campeonato sergipano em 2016, Paulinho Macaíba, segue sendo o grande craque do Tremendão. Ídolo da torcida tricolor, o atacante agora busca seu primeiro título com a camisa do Itabaiana.

Treinador: O paulista Aílton Silva de 50 anos. O comandante tem experiência no futebol sergipano, tendo sido campeão estadual pelo River Plate de Carmópolis, em 2011. Além do clube sergipano, treinou equipes tradicionais do futebol paulista como Portuguesa, São Caetano e Mogi Mirim.

Fala Diretoria: “Esperamos que os que estão chegando se enquadrem, se adaptem à realidade do Itabaiana para que possamos fazer um grande campeonato. Fomos vice no Campeonato Sergipano, agora queremos ser campeões. Fomos oitavo na Série D, agora queremos o acesso. 2016 não foi um ano ruim para nós, mas esperamos que 2017 seja muito melhor”.

Estádio: Mendonção (Capacidade: 10.000 pessoas)

Foto: FSF

Estreia: 15.01 (Domingo) as 17h – Lagarto x Itabaiana (Mendonção / Itabaiana)

Última participação no Campeonato Sergipano A1: 2016 (2º colocado)

Títulos: Campeão do Campeonato Sergipano Série A1 (1969, 1973, 1978, 1979, 1980, 1981, 1982 [Dividido com o Sergipe] , 1997, 2005 e 2012).

Campeão da Copa Governo do Estado de Sergipe (2006 e 2007)

Campeão da Copa do Nordeste (1971)

Previsão Expressão Sergipana: ★★★★★ – Briga pelo título


Boca JúniorBoca Júnior Futebol Clube 

Cidade: Estância

O que vem por aí: Para repetir o bom desempenho do clube no campeonato estadual do ano passado, o Boca Júnior terá que ralar muito. Mesmo não revelando muito da sua pré-temporada, o Boca manterá a filosofia de ter um elenco majoritariamente de jogadores jovens. A equipe vem se tornando um clube revelador de bons valores ao futebol sergipano. 

Craque: O atacante Alex Tanque disputou o Campeonato Sergipano de 2016 pelo Boca Júnior e marcou dois gols. Depois reforçou o Sergipe no Brasileirão da Série D e agora está de volta para comandar o ataque do Boca.

Equipe base: Eliomar; Gibson, Victor, Serginho e Ramon; João Victor, Andinho, Liasmar e Maxuel; Alex Tanque e Mano.

Treinador: O jovem Luís Spadetto de apenas 27 anos aposta na filosofia da troca de passes e a valorização da posse de bola no comando de suas equipes. Com passagem recente pelo Rio Branco de Venda Nova/ES, o treinador tem o desafio de comandar a jovem equipe do Boca.

Estádio: Francão (Capacidade: 8.000 pessoas)

Foto: ASN

Estreia: 15.01 (Domingo) as 16h – Estanciano x Boca Júnior (Francão / Estância)

Última participação no Campeonato Sergipano A1: 2016 (5º colocado)

Títulos: Campeão do Campeonato Sergipano Série A2 (2004, 2007 e 2014).

Previsão Expressão Sergipana: ★★★ – Pode surpreender


Botafogo Associação Sergipana de Futebol

Cidade: Cristinápolis

Apelido: Alvinegro da Região Sul

O que vem por aí: Em seu primeiro ano na elite do futebol sergipano, o Botafogo pretende se firmar no cenário estadual. Com um início de trabalho tardio, o clube precisará ir se ajustando com o passar do campeonato. O elenco vem se desenhado aos poucos e alguns nomes são o goleiro Ewerton ex-Penapolense e América/RJ, os zagueiros Julião e João Vargas ex-Portuguesa-SP e o atacante Marcelo ex-Vitória e Icasa. Os cartolas botafoguenses também estiveram observando atletas que atuaram na segundona sergipana do ano passado, a exemplo do volante Dimas (Ex-América de Propriá) e os atacantes Felipe (ex-Olímpico) e William (ex-América de Propriá).

Craque: Joseph Fola Lawson, ou Joseph “Nigéria”, o atacante defendeu o Estanciano em 2016 e subiu com o Botafogo no mesmo ano. O nigeriano já defendeu o Nacional/SP e é a esperança de boas jogadas no ataque alvinegro.

Treinador: Nivaldo Baiano tem passagem pelo futebol sergipano e possui dois acessos, um pelo Boca Júnior e outro pelo América de Propriá.

Fala Diretoria: “Pretendemos ter uma equipe equilibrada para garantir presença entre os 6 classificados e seguir com chances na competição”.

Estádio: Geraldão (Capacidade: 2.000 pessoas) está em reformas. Até liberação da FSF jogará no Francão (Capacidade: 8.000 pessoas)

Foto: ASN

Estreia: 16.01 (Segunda) as 20h15m – Confiança x Botafogo (Batistão / Aracaju)

Última participação no Campeonato Sergipano A1: Estreante

Títulos: Não tem

Previsão Expressão Sergipana: ★★ – Briga para não cair


SergipeClub Sportivo Sergipe

Cidade: Aracaju

Apelido: O Mais Querido

O que vem por aí: Com a tarefa de manter o título estadual e fazer boa campanha na Copa do Nordeste e do Brasil, a diretoria Rubra aposta em um treinador que conhece muito bem o futebol sergipano para levar o Colorado ao bicampeonato. No elenco ficaram peças importantes como os zagueiros Carlos Alexandre, o lateral Vicente, o volante Gil Baiano e o atacante Hiago. A diretoria fez contratações importantes para reforçar o elenco, como o lateral Luciano Sorriso, ex-Itabaiana; o meia Wallace Pernambucano, homem de confiança de Betinho no Confiança e o matador Fabiano Tanque, que também estava no Itabaiana e marcou sete gols no estadual passado e quatro no Campeonato Brasileiro da Série D de 2016.

Craque: Davi Ceará é o novo camisa 10 do Gipão. Ano passado, o meia chegou com status de astro para as últimas rodadas da fase de grupos do Campeonato Brasileiro da Série D após brilhar e ser campeão Tocantinense pelo Gurupi. Agora Davi tem a responsabilidade de conduzir o Sergipe neste temporada.

Equipe base: Ferreira; Sorriso, Jonas, Jairo e Vicente; Gil Baiano, Ramalho e Davi Ceará; Erik, Fabiano e Hiago.

Treinador: Gilberto Carlos Nascimento, o Betinho. Com início da carreira no futebol paulista, o técnico comandou o Confiança sendo bi campeão sergipano e garantiu o acesso à série C. Agora no maior rival, Betinho tem o desafio de fazer sucesso no Colorado.

Fala Diretoria: “Queremos fazer excelentes participações na Copa do Nordeste e na Copa do Brasil. Nossa principal tarefa será conquistar o bicampeonato, mas é claro que o acesso também será outro grande objetivo. Mantivemos uma boa base e reforçamos o clube com bons atletas, tenho certeza que teremos bons resultados”

Estádio: Batistão (Capacidade: 15.586 pessoas)

Foto: ASN

Estreia: 14.01 (Sábado) as 15h30m – Sergipe x Dorense (Batistão / Aracaju)

Última participação no Campeonato Sergipano A1: 2016 (1º colocado)

Títulos: Campeão do Campeonato Sergipano Série A1 (1922, 1924, 1927, 1928, 1929, 1932, 1933, 1937, 1940, 1943, 1955, 1961, 1964, 1967, 1970, 1971, 1972, 1974, 1975, 1982 [Dividido com o Itabaiana], 1984, 1985, 1989, 1991, 1992, 1993, 1994, 1995, 1996, 1999, 2000, 2003, 2013 e 2016)

Campeão da Copa Governo do Estado de Sergipe (2013)

Campeão da Taça Cidade de Aracaju (1996 e 2001)

Campeão da Taça Estado de Sergipe (2003)

Previsão Expressão Sergipana: ★★★★★ – Briga pelo título


DorenseDorense Futebol Clube

Cidade: Nossa Senhora das Dores

Apelido: Colorado

O que vem por aí: Depois de 11 anos o Dorense voltou à elite do futebol sergipano ano passado e fez bonito. O Estádio Ariston Azevedo continua sendo a ”La Bombonera” do Colorado e o fator casa continuará sendo fundamental para o Dorense. O elenco conta com jogadores experientes no futebol sergipano, o que acaba fazendo muita diferença numa competição tão disputada como o campeonato sergipano. Um reforço no banco que também pode fazer a diferença é o ex-preparador físico do Sergipe Wendell Bastos, que teve apenas 10 dias para preparar o time para estreia. Jogadores importantes ganham destaque no elenco como o zagueiro Thiago Rangel, ex-Itabaiana e com passagem pelo Dorense; além do zagueiro Lelo, o lateral Glawber e os meias Vitor Muribeca e Juninho Bahia, todos com passagens pelo Sergipe e os remanescentes das últimas temporadas como o volante Gêge e os atacantes Fábio Jr. e o experiente matador Dagil.

Craque: Valdson, meia direita habilidoso, é um velho conhecido da torcida colorada e já foi o nosso craque no Guia de 2016. O jogador já passou pelo Confiança e pode ser novamente o maestro do Colorado nesta campanha.

Equipe base: Tony; Glawber, Thiago Rangel, Lelo e Vitor Muribeca; Cezinha, GG, Valdson, Juninho; Fábio Jr. e Dagil

Treinador: Fernando Dourado é um velho conhecido do futebol sergipano com passagens por Itabaiana, Lagarto e América de Propriá, onde foi campeão da Série A-2 em 2012. O experiente treinador também já possou pelo Bahia, Vitória, Fluminense-BA, CRB, Al Murrarak (Bahrein), Al Shamal S.C. (Qatar) e Club Universidad de Cobija (Bolívia). 

Fala Diretoria: “Vamos buscar em 2017 grandes resultados. Temos um grupo experiente, trabalhador e capaz de fazer uma boa competição.”

Estádio: Ariston Azevedo (Capacidade: 2.000 pessoas)

Foto: FSF

Estreia: 14.01 (Sábado) as 15h30m – Sergipe x Dorense (Batistão / Aracaju)

Última participação no Campeonato Sergipano A1: 2016 (4º Colocado)

Títulos: Campeão do Campeonato Sergipano Série A2 (2015)

Previsão Expressão Sergipana: ★★★★ – Briga pelo hexagonal


EstancianoEstanciano Esporte Clube

Cidade: Estância

Apelido: Canarinho do Piauitinga

O que vem por aí: O Estanciano sempre aparece como uma força importante no cenário do futebol sergipano e este ano o Canarinho tentará mais um vez figurar entre os principais clubes do estado. Com a base fazendo história na Copa São Paulo de Futebol Júnior, a diretoria prometeu que a meninada terá oportunidade para mostrar o seu valor. Com isso o Estanciano mesclará experiência e juventude. O elenco conta com o experiente volante Oliveira e alguns reforços, como o goleiro Danilo Nóbrega, que em 2016 disputou o Campeonato Alagoano pelo CSE e o meia Ataíde, ex-Boca Júnior e Fluminense de Feira.

Craque: O atacante Jajá, ex-Sergipe, Itabaiana e Lagarto, rodado no também no futebol internacional, já foi estrela no Young Africans da Tanzânia. Revelado pelo Itabaiana, Jajá surgiu no cenário sergipano como uma das grandes revelações. Passou pelo Sergipe, Confiança, River Plate-SE, algumas equipes do interior da Bahia e até pelo futebol coreano. Ele é a esperança de gols da equipe canária.

Fala Diretoria: “O Estanciano vem forte. Vamos mesclar a equipe com valores e promover muitos atletas da equipe Sub-19 campeão estadual e que representou o estado na Copa São Paulo de Futebol Júnior”.

Treinador: Gil Sergipano tem vasta experiência como treinador no Campeonato Sergipano. O técnico, tem passagens pelo Sete de Junho, Olímpico Itabaianinha e Amadense. Contará com o auxílio de peso do ex-treinador Luiz Juresco.

Estádio: Francão (Capacidade: 8.000 pessoas)

Foto: ASN

Estreia: 16.01 (Domingo) as 16h – Estanciano x Boca Júnior (Francão / Estância)

Última participação no Campeonato Sergipano A1: 2016 (6º Colocado)

Títulos: Não tem

Previsão Expressão Sergipana: ★★ – Briga para não cair


LagartoLagarto Futebol Clube

Cidade: Lagarto 

Apelido: Periquito Atômico

O que vem por aí: Depois do susto vivido no ano passado, o Lagarto quer passar longe da zona de rebaixamento nesta temporada e voltar as vitórias como na campanha em 2015, quando terminou em 3º colocado. Para isso investiu num elenco caseiro com reforços em posições estratégicas. Neste ano alguns jogadores foram mantidos do time que disputou o campeonato Sergipano em 2016 como os zagueiros Lenu e Luciano e os atacantes Mateus Riachão e Matheuzinho. A novidade fica por conta de Xande, atleta da cidade, que defendeu o clube em 2015 e está de volta. Outros reforços são os atacantes Jonas Paulista, artilheiro do Suzano na série A2 Paulista e Romerito, com passagem pela Ponte Preta-SP.

Craque: Raulino, o “pulmão de aço” com 37 anos chega para ser o xerife deste time. Com muita bagagem no futebol sergipano, Raulino já vestiu as camisas do Itabaiana, Sergipe, Confiança e River Plate.

Equipe base: Thiago; Bruno, Gledson, Piraí e Kanídia; Raulino, Xande, Dodô e Samuel; Cabelinho e Mateuzinho.

Treinador: Wemerson Carvalho, o paraibano já treinou o Balsas-MA, foi coordenador da escolinha do Flamengo em Campina Grande e em 2016 atuou com auxiliar técnico do Ypiranga (PE). O jovem treinador terá um belo desafio em sua curta carreira. 

Fala diretoria: “É um ano de promover o retorno do torcedor lagartense aos campos, empurrar o nosso time e buscar os melhores resultados na competição.”

Estádio: Albanão (Em Simão Dias, com capacidade: 4.000 pessoas). Obs.: O Estádio Paulo Barreto de Menezes, em Lagarto, está parcialmente interditado.

Foto: FSF

Estreia: 15.01 (Domingo) as 17h – Lagarto x Itabaiana (Mendonção / Itabaiana)

Última participação no Campeonato Sergipano A1: 2016 (8º colocado)

Títulos: Não tem

Previsão Expressão Sergipana: ★★ – Briga para não cair

Compartilhar
Comunicador Popular, estudante de Pedagogia na Universidade Federal de Sergipe, apaixonado por Futebol e Política

4 COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta