Hospital Universitário capacitará 360 profissionais parada cardiorrespiratória

O Hospital Universitário da Universidade Federal de Sergipe (HU-UFS) está treinando 360 profissionais para atuar em casos de parada cardiorrespiratória. A iniciativa é uma ação do Núcleo de Educação Permanente em Enfermagem (Nepe), composto pelas enfermeiras Maria Josiene Teles e Cícera Eugênia Silva.

“A prioridade é para a equipe de enfermagem, ou seja, enfermeiros, técnicos e auxiliares, mas outros profissionais, como médicos e fisioterapeutas, poderão ser inseridos no treinamento, de acordo com critérios estabelecidos pelo Nepe”, explica a enfermeira Maria Josiene Teles.

Denominada Identificação e Assistência para Parada Cardiorrespiratória, a capacitação é uma recomendação abordada por estudos científicos. A indicação é para que a atualização dos profissionais de saúde seja feita pelo menos uma vez por ano.

“É um treinamento indispensável para qualquer setor da área de saúde, por isso precisamos ter uma equipe preparada e atualizada sempre, para evitar erros e prejuízos graves aos pacientes”, destaca.

Atualização

A enfermeira conta que a primeira turma, com 43 enfermeiros, formou facilitadores que poderão atuar nos próximos grupos. Posteriormente, esses enfermeiros, já treinados, se reúnem para a construção de um material didático padronizado e para eliminar possíveis dúvidas.

“Serão mais 20 turmas, cada uma com 18 a 20 participantes. Os interessados podem procurar o Nepe ou obter mais informações pelo telefone 79 2105-1757. A nossa intenção é treinar cem por cento dos servidores de enfermagem”, informa Maria Josiene.

A capacitação tem uma carga horária de quatro horas, sendo duas de teoria e duas de prática. Entre os principais sinais clínicos de uma vítima em parada cardiorrespiratória estão inconsciência, ausência de pulso e da respiração.

Fonte: ASCOM UFS

Deixe uma resposta