Lula chega à Justiça Federal para prestar depoimento ao juiz Moro

Acompanhado dos movimentos sociais, ex-presidente chegou empunhando uma bandeira do Brasil e foi recebido com gritos de apoio

Foto: Ricardo Stuckert

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva chegou por volta das 13h40 desta quarta-feira (10) à sede da Justiça Federal para prestar depoimento ao juiz Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato. Acompanhado de companheiros de partido, representantes dos movimentos sociais e sindical, ele chegou empunhando uma bandeira do Brasil e foi saudado com gritos de apoio.

Em entrevista ao coletivo Jornalistas Livres, o senador Lindbergh Farias (PT-RJ), que recebeu o ex-presidente no aeroporto na manhã de hoje, disse que Lula está tranquilo para prestar o depoimento. “Hoje é um dia histórico, vamos desarmar essa narrativa infame contra Lula. Eles têm um problema, porque não há provas”, afirma.

O senador também criticou a “politização” da operação. “Todo o processo da Lava Jato atuou com timing político. Lembro quando Dilma nomeou Lula como ministro da Casa Civil e o Moro vazou a gravação. Foi um ato ilegal, porque deveria ter ido ao Supremo Tribunal Federal. Agora eles querem impedir Lula de ser presidente da República.”

A senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) afirmou que o dia será de “constante resistência”. “É um ato de apoio ao Lula, mas também em defesa do Estado democrático de direito. Não é possível a gente assistir de maneira passiva o que está acontecendo no país. É um processo judicial que se transformou em uma ação política contra a democracia”, disse a senadora.

Após o depoimento, um ato público será realizado na Praça Santos Andrade, a partir das 18h, no centro da capital paranaense, com a presença do ex-presidente.

FonteRede Brasil Atual
Compartilhar

Deixe uma resposta