MPB Petrobras é relançado com show de João Bosco no Teatro Tobias Barreto

A próxima edição do projeto em Aracaju será em março com show Geraldo Azevedo

Foto: Ascom/Secult

Um dos projetos contemporâneos mais importantes da música brasileira volta à ativa com estreia nacional em Sergipe. O MPB Petrobras, promovido pela Caderno 2 Produções com financiamento da Petrobras, foi relançado nesta quarta-feira, 13, em cerimônia no Teatro Tobias Barreto. A reestreia acontece nesta quinta-feira, 14, com os shows de, João Bosco e do jovem sergipano, Pedro Luan.

Todas as apresentações reúnem grandes artistas e artistas iniciantes do local, com ingressos a preços populares, marca que define o projeto. “Uma característica importante do projeto é dar visibilidade para os artistas locais e poder oferecer ao público ingressos com o menor preço possível. Agradeço a Petrobras pela confiança no projeto e pela parceria que se estende ao longo destes 20 anos. Quero também agradecer à Secretaria de Estado da Cultura de Sergipe pelo apoio em nos receber aqui no Teatro”, frisou o diretor da Caderno 2 Produções, Dalmo Peres.

Para o músico João Bosco, que já participou de outras edições do MPB Petrobras, o mérito do projeto é facilitar o acesso do público à música popular. “Fico muito feliz em participar dessa iniciativa que envolve artistas locais e visa tudo, menos o mercado. A arte há muito tempo está atrelada ao lucro ao show business, e esse projeto foca o talento, o que é muito bom tanto para o artista quanto para o público”, defendeu.

Com 45 anos de trajetória, João Bosco apresentará um repertório composto de trabalhos antigos e algumas novidades. “Esse disco traz memórias das atividades dos meus tempos anteriores, mas também é uma prática de exercícios musicais que venho experimentando. É um disco que traz o meu jeito de ser e pensar agora”, contou.

Segundo o secretário de Estado da Cultura, João Augusto Gama, o retorno do projeto está acontecendo da mesma forma como a Petrobras chegou a Aracaju pela primeira vez nos anos 60: com brilhantismo. “Tenho certeza que este projeto não para mais, pois está voltando com um dos músicos mais talentoso e importante da música brasileira, que é João Bosco. É um prazer também ver Pedro Luan fazendo parte desta reestreia à quem quero parabenizar pelo seu talento, cultura e principalmente pelo seu caráter”, disse.

Filho do cantor Rogério, Pedro Luan, falou ser um desafio e uma alegria muito grande participar da reabertura do projeto. “Tenho 20 anos, assim como o MPB Petrobras, então cresci assistindo as suas apresentações. Sempre me senti parte do projeto enquanto espectador, e hoje participar do projeto de modo mais efetivo, trazendo a minha música e a minha arte, é uma alegria infinita, ainda mais abrindo o show deste artista maravilhoso que é João Bosco”, ressaltou Pedro Luan.

Com 20 anos de estrada e a marca de mais de 500 shows realizados nos principais teatros do país, o projeto MPB Petrobras passou por uma pausa de dois anos, e agora retorna com seis shows confirmados em três cidades do Nordeste. A próxima edição do MPB Petrobras em Aracaju já tem data e atração confirmada. Em março será o show de Geraldo Azevedo que será apresentado no Teatro Tobias Barreto.

Deixe uma resposta