Nota do Sintese sobre pagamento integral do 13º salário

A verdade simplesmente apareceu. Não foram poucos os discursos dos dirigentes da Sintese balizados em estudos sérios, com documentos oficiais, de que na educação, notadamente no Fundeb e MDE, havia recursos suficientes para que fosse feito o pagamento integral até o dia 20 do 13º salário e do salario do mês do dezembro dentro do mês.

Ontem, travamos uma batalha na Alese com esse intuito, pois sabíamos que a ação do governo era a de universalizar o calote , atingindo também os professores da ativa, uma vez que já tinham sacramentado que o pagamento de aposentados seria parcelado.

A ação dos professores e demais servidores na Alese , a defesa extremamente qualificada da deputada Ana Lúcia mostrando com documentos as contradições do governo, o risco que estaria caracterizado de o governo sofrer um processo de improbidade administrativa , pois não cumpriria os 25% obrigatórios a serem gastos com a educação, além da ação judicial promovida pelo Sintese, fizeram com que o governo recuasse na ideia de parcelar o 13º salario.

O Sintese ainda estará promovendo uma campanha de mídia no sentido de que o pagamento integral do décimo e do salário de dezembro sejam garantidos dentro das datas previstas pela legislação para os professores aposentados e demais servidores, uma vez que já fomos vitoriosos em primeira instância na justiça e o processo hoje se encontra no Tribunal de Justiça com um dos desembargadores.

Cabe ainda salientar que a divida do governo Jackson Barreto conosco é grande. Este governo precisa devolver os 7 dias cortados do nosso ponto, e garantir as revisões salariais de piso dos anos de 2012 e 2015, além de retornar o pagamento de 1/3 aos 25 anos que nos foi retirado arbitrariamente.

A luta continua… E dela não nos retiraremos !!

Direção Executiva do Sintese

Sintese ! Somos muitos , Somos fortes!!

Deixe uma resposta