Professores da rede pública de Aracaju decidem encerrar greve

As aulas votaram nesta segunda-feira (02)

Foto: Ascom Sindipema

Após 29 dias em greve, os professores da rede pública municipal de ensino decidiram encerrar o movimento e voltar às salas de aula nesta segunda-feira (02). A decisão foi tomada em assembleia geral realizada na manhã desta sexta-feira (29), na sede do sindicato.

Segundo o Sindicato dos Profissionais do Ensino do Município de Aracaju (SINDIPEMA), a volta às salas de aula é uma maneira que a categoria encontrou, após uma minuciosa avaliação do movimento, de mostrar à comunidade escolar que ela continua sendo muito importante para os professores, que aproveitaram para deixar claro que continuarão lutando para que a Lei do Piso seja cumprida, pela valorização da categoria e a população que necessita das escolas da prefeitura de Aracaju respeitada e tendo acesso a uma educação com qualidade social.

“Da mesma forma que decidimos encerrar a greve, também decidimos que uma série de ações será feita para cobrar da gestão municipal o cumprimento dos direitos que adquirimos há anos, mas, acima de tudo, para cobrar respeito com quem é responsável por formar, com responsabilidade, os cidadãos aracajuanos!”, declarou o presidente do SINDIPEMA, o professor Adelmo Meneses Santos.

Adelmo explicou que no retorno às atividades, no que diz respeito à reposição dos dias letivos parados, é uma decisão que tem que ser tomada pela escola e aprovada pelo conselho escolar. Segundo o dirigente sindical, “a lei que rege a Educação em todo o país, a LDB, está assegurada a autonomia da escola para esta decisão”.

Compartilhar

Deixe uma resposta