Quem somos

A Expressão Sergipana é um portal de notícias do Sistema Brasil de Fato, lançado em 30 de junho de 2015, que destaca a cobertura das lutas sociais, entrevistas e notícias sobre política, economia, cultura e esporte sob uma visão popular de Sergipe, do Brasil e do mundo. Buscamos promover uma aproximação com os leitores e leitoras, além de dialogar com as realidades locais.

Por entenderem que na luta por uma sociedade justa e fraterna, a democratização dos meios de comunicação é fundamental, movimentos populares criaram a Expressão Sergipana para contribuir no debate de ideias e na análise dos fatos do ponto de vista da necessidade de mudanças sociais em nosso país.

Todos os conteúdos da Expressão Sergipana podem ser reproduzidos livremente, sempre citando a fonte e publicados na íntegra.

Editorial de Lançamento

A formação do povo sergipano sofreu processos violentos e traumáticos. Os povos originários sergipanos foram mortos, violentados e escravizados pelos colonizadores. A economia se desenvolveu em Sergipe para saciar cobiças distantes das fronteiras nacionais, não para engrandecer os sergipanos. O poder permaneceu, e ainda permanece, nas mãos daqueles que herdaram a tradição sangrenta dos que colonizaram nossa terra. O nosso próprio reconhecimento como estado independente e como povo ligado por laços especiais e distintos dos demais foi alvo de ataques durante toda a nossa história, que se sentem até hoje.

Engana-se, no entanto, quem acreditar que somos um povo vencido. Reparem melhor nas batalhas da invasão de Sergipe: o Cacique Serigy superou as forças desiguais dos colonizadores durante anos e lutou até o fim pela preservação do seu povo, pela justiça e pela terra. Mesmo com o êxito e o longo domínio das forças colonizadoras e dos seus herdeiros, que até a nossa história escondem, não foi possível apagar da memória quem realmente simboliza o nosso povo. As terras do Cacique Serigy: era assim que se chamava e ainda se chama o nosso chão, pois vem do cacique o nome Sergipe.

Nosso jornal nasceu do sonho de resgatar nossa história, nossa terra, nossos valores, nossas festas, nossas comidas, nossa cultura, nossas paixões, nossas vitórias, nossa identidade de povo sergipano. Acreditamos que essa tarefa é impossível se estiver desvinculada da continuidade da luta das lutadoras e dos lutadores sergipanos. Por isso, estamos especialmente empenhados em analisar a nossa realidade concreta, com os olhos voltados tanto para Sergipe, quanto para o Brasil e para o Mundo e, assim, contribuir nessa luta.

Ninguém além de nós mesmos pode libertar nossas mentes e nossos corações. Compreender a realidade sergipana não é um compromisso de uma só pessoa, de um só grupo ou de um só jornal. Por isso, convidamos você a, coletivamente, traçar os contornos onde revelaremos a nós mesmos: os traços da Expressão Sergipana.